O jogo com criação de magias Mages of Mystralia inicia (e termina) seu financiamento.

Hoje foi o dia escolhido para o lançamento da campanha de financiamento no Kickstarter de Mages of Mystralia, um título independente de ação e aventura que tem certas particularidades no que diz respeito aos expoentes mais comuns do gênero, e seus criadores o definem como um cruzamento entre a mecânica do Legend of Zelda e a ênfase na natureza das magias da série Harry Potter.


O aspecto mais significativo de Mages of Mystralia é o seu sistema de criação ou  programação de magias com base em quatro componentes básicos e três tipos de runas que modificam as suas características, efeitos e comportamento. Os quatro componentes que atuam como uma espécie de magia são "Immedi" (para distâncias curtas), "Actus" (baseado em esferas flutuantes), "Creo" (materialização de objetos físicos) e "Ego" (com efeito sobre o próprio mago).

Sobre estes tipos básicos construímos nossas próprias magias através da aplicação de runas de comportamento aplicaveis, outros modificadores que afetam a sua natureza e finalmente as ativadoras, que ligam o resultado ao cumprimento de determinadas condições. A página da campanha mostra um sensível exemplo simples, que a partir de uma esfera "Actus" de fogo e adicionanmos uma  runa de comportamento "Move", nós temos uma bola de fogo, ampliada  com outro comportamento "Duplicate" que multiplica seus efeitos.

Cotinuando então com outra magia, o "Ego" de gelo, mas aplicação do comportamento "Duplicate" gera uma estátua do mago (tipo a do Sub-zero), no qual, com a ajuda da runa ativadora "Periodic" acumulando a magia anteriormente criada e como resultado temos uma torreta de gelo. A runa modificadora  "Right" vai transformar finalmente em uma defesa giratoria eficaz.
A história e o mundo de Mystralia prometem uma profundidade e coerência acima da média através da participação no projeto de Ed Greenwood, o cavalheiro fixo com a espetacular barba que vocês podem ver no vídeo de apresentação e  escreveu em 1987  The Forgotten Realms, usados ​​por algumas das franquias mais populares da serie  Dungeons and Dragons como Baldur's ou Neverwinter Nights.

O aspecto musical de Mages de Mystralia também contará com um nome ilustre ao colocar no comando da trilha sonora a Shota Nakama, um dos responsáveis em Final Fantasy XV e o remaster Kingdom Hearts 2.5 HD. Nakama dirigiu o Video Game Orchestra para gravar música do jogo ao vivo.

O estudio explicou que motivo para iniciar uma campanha com um objetivo tão humilde (e que foi alcançado em poucas horas de seu lançamento) é para completar algumas coisas de um título quase terminado em que eles têm recebido uma grande quantidade de sugestões e propostas nas feiras onde foi mostrado.
O acesso a versão de teste será imediatamente após a finalização da campanha para aqueles que apoiarem a mesma.

Fonte: site da campanha do jogo no Kickstarter.

 
Fliperama Games © 2012 | Designed by Fliperama e Zeh